top of page

Kabbalah: Festa de Purim, Rainha Esther e Kaf Hei Taf

A Festa de Purim é uma festa judaica muito forte na Mãe Terra que dissolve as incertezas e dúvidas em relação a Luz, trazendo muita alegria. A cada ano acontece em um dia, seguindo o calendário judaico.

É uma festa de alegria, semelhante ao Carnaval, com máscaras, fantasias e ainda um biscoito tradicional relembrando o feito no banquete da Rainha Esther para o rei da Pérsia, seu marido, quando o convenceu a libertar os judeus. Neste dia, abre-se a porção da Torah - o Antigo Testamento - conhecida como rolo de Esther, a Megillah, que contém a história de Esther, esta grande figura que trouxe Liberdade e Paz em tempos desafiantes para o povo judeu.

Sendo ela mesma judia, Esther vivia em uma vila com seu primo Mordechai, quando o rei solicitou em seu reino por mais esposas. Dentre todas, Esther era iluminada e tinha grande capacidade de liderança e uma compaixão infinita pelas outras mulheres que ali viviam. Era a única que tinha coragem e poder de fala para questionar o rei e desafiá-lo.


Quando seu primo Mordechai consegue vê-la no castelo e denunciar a Esther o que seria feito dali em diante com o povo judeu sob liderança de um dos guardas de maior confiança do rei,, Esther inicia um período de reflexão para planejar como abordaria a questão com o rei de forma eficaz. É durante o último de seus banquetes para o rei que Esther denuncia o que aconteceria com seu povo e consegue aval do rei para as ameaças serem extintas e o guarda julgado. A este livramento inesperado é celebrado Purim.

Uma ferramenta importante para utilizar neste período de Purim, é o Nome Sagrado "KAF HEI TAF", a chave para remover energias negativas. Seu uso é sugerido por rabinos e kabbalistas em todo o mundo para não ser enganado pelas energias nocivas, densas e transmutar o julgamento em luz.


Assim, abrimos espaço para a certeza da Luz, reiniciando o ano com Discernimento e Verdade, livres das "klipoh", "cascas" energéticas e cármicas que, como véus, nos impedem de ter contato com a nossa alma e de lembrar de nossa essência divina.


O chamado "chamalek" é a energia que perpetua esta hipnose e o esquecimento do ser humano, que não percebe que está adormecido, sendo levando por estas energias nocivas - a consciência só da materialidade, de que existe somente a morte. A consciência de Purim desperta e liberta.


Trago esta energia de quando estive na Casa de Esther e Mordechai, no Irã, em peregrinação com o grupo de Kabbalah do Rabino Joseph Saltoum em 2019.

Neste local, seus corpos seguem irradiando Luz Infinita para todo o planeta. Sua energia desbloqueia os canais da Alegria e traz o combustível para viver bem. Esther solidifica a Coragem, a Fé e a Liberdade em nós.

Também na Ponte do Arco-Íris realizamos diversas celebrações com o Rabino pelo Purim com fantasias, máscaras, alegria, meditação e muitos ensinamentos.

Gratidão por toda esta energia! Pedimos que renasça novamente a Paz e a Liberdade sobre a Terra, com as Bênçãos eternas de Esther e Mordechai.


Shalom! Maria Auxiliadora

8 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page